GAT

Vivi em Londres por quase 9 anos. Durante este período completei meu curso de mestrado e trabalhei por mais de 6 anos como consultora.
Em 2008 conheci meu ex-marido. O comportamento dele começou a mudar depois do nosso casamento em dezembro/2010 e com o nascimento da minha filha em novembro/ 2011 ele começou a me bater.
2012 foi um ano de puro horror. Eu vivia pisando em ovos pois qualquer motivo era razão para ele me atacar. Ele tentou me estrangular mais de uma vez, me batia na frente da minha filha e enquanto eu a segurava nos braços e até trancar minha bebê com menos de um aninho de idade para ser violento comigo ele o fez.
Em dezembro/2012 eu resolvi buscar ajuda, pois não era possível resolver e sair daquela situação sozinha. Foi muito difícil aceitar e entender que o que estava vivendo era chamado de VIOLÊNCIA DOMÉSTICA.
Em janeiro/2013 eu finalmente, com ajuda de uma amiga, cheguei até a AMBE. O suporte desta organização foi fundamental para que pudesse deixar o pai da minha filha e recomeçar minha vida.
Hoje estou no Brasil com minha pequena, cercada de amor e do apoio da minha família e amigos. Nada, absolutamente nada, justifica continuar com um homem que te abusa física e psicologicamente, que te bate e destrói a sua autoestima.
Há alternativas, acredite. Eu acreditei e aos poucos a vida vai voltando ao seu ritmo normal e minha filha crescerá em um ambiente saudável, cercada de muito amor.

Obrigada AMBE.

GAT

Ambe - Apoio a Mulher Brasileira no Exterior :: Ambe - Supporting Brazilian Woman Abroad - All rights reserved. Registered CIC